Ainda não há comentários

O que é o Plano Cooperativo?

Sou resultado da fidelidade de crentes, igrejas, que, com liberalidade, decidem empregar uma parte dos recursos entregues pelas igrejas para que a obra de Deus cresça mais equilibradamente no Brasil e no mundo. Sou fruto da união das Igrejas Batistas Nacionais, no esforço comum de alcançar o ser humano como um todo. Sou expressão da mordomia de cada crente, como reconhecimento da soberania de Deus em sua vida e consequência, acima de tudo, de um compromisso com o Senhor e o seu Reino.
Quando o crente entrega seu dízimo à igreja, ele o faz individualmente; quando a igreja entrega seu plano cooperativo, ela o faz também individualmente como igreja, porém já expressando a coletividade dos seus membros; quando muitas igrejas entregam seus planos cooperativos à convenção estadual, elas estão agindo coletiva e solidariamente; quando as convenções estaduais enviam seus planos cooperativos à Convenção Batista Nacional, elas estão expressando a participação comunitária e solidária de crentes, igrejas e convenções.

O Plano Cooperativo é muito mais que simplesmente um plano financeiro. Ele é o fio do tecido da solidariedade responsável, ética, que deve existir na comunidade Batista Nacional, para possibilitar a construção da obra, da missão que nos foi cometida. Ele é a oportunidade de desenvolver um plano de ação cooperativa, de participação, de construção em conjunto, comunitária. A ação da fidelidade do crente, acompanhada pela fidelidade das igrejas e dos campos estaduais, estabelecerá o senso da responsabilidade, da solidariedade e da ética; que possibilitará a construção dos objetivos da comunidade Batista Nacional, desde a igreja, alcançando toda a denominação. Por isso que o plano cooperativo é mais que um plano financeiro, ele é um plano de ação cooperativa. É uma lição objetiva de soma de vontades, de inteligências e de corações.

Publicar um comentário